Portal SER

A música na escola

Angélica Sassiloto

“A música direcionada para crianças que possa ser tocada, dançada por eles, e que possa ainda ser inventada por eles – um mundo à sua maneira.”Carl Orff

 

A oportunidade de participar de vivências musicais desde os primeiros anos da educação infantil e por todo o ensino fundamental confere à criança a possibilidade de desenvolver e expressar sua criatividade e potencial inventivo dentro do espaço conjunto do som, do movimento e da linguagem.

Trata-se da musicalização na rotina escolar, que estimula a escuta do som e o saber ouvir, a espera pelo som e o reconhecimento da importância do silêncio, e estimula a criança a produzir, criar música, partindo da percussão corporal, passando pelos timbres de voz e fonemas até chegar aos diferentes materiais e suas possibilidades, como colheres, copos, latas, papéis. Construindo o sentido da confecção dos instrumentos. Despertando o interesse por explorar os instrumentos. E encorajando a criança a expressar-se pelo movimento no andamento musical.

 

A música é parte do desenvolvimento da criança nos diferentes aspectos pedagógicos e está inserida no cenário social e familiar. Desta forma, o exercício da musicalização individual e em grupo, na escola, oferece a chave para a expressão artística, um modelo ativo de interação com a música. A criança que participa da vivência musical na escola pode observar que é sujeito da sua própria escuta e tem o estímulo necessário para responder com propriedade ao som, movimentando-se, apreciando ou não elementos da música como altura, duração, intensidade, timbre, opinando sobre ritmos desde a pulsação até os estilos musicais presentes no seu cotidiano. Por fim, a musicalização na escola favorece que a criança participe do seu grupo, sinta-se parte e sinta-se capaz de tocar, cantar, dançar, demonstrar por gestos e olhares sua interação com o meio. Seja no som, seja no silêncio.